Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Programa Demorô ajuda os estudantes do Izabela a debaterem sobre temas importantes

Programa Demorô ajuda os estudantes do Izabela a debaterem sobre temas importantes

Projeto incentiva um “papo reto” entre jovens, professores e convidados


O Colégio Metodista Izabela Hendrix se preocupa com a formação de profissionais e cidadãos interessados em fazer um mundo melhor. Por isso, promove iniciativas como o programa Demorô, um projeto arrojado que incentiva os estudantes do ensino médio a debater sobre temas importantes para a sociedade e para o futuro. 

O Demorô tem o objetivo de dar aos jovens a oportunidade de tratar de temas de seu interesse endereçados ao saber psicológico e psiquiátrico. “Esperamos ajudá-los a colocar sentido nos sofrimentos a partir da expressão de suas curiosidades, queixas e insatisfações, apostando que o trabalho lhes dará condições simbólicas de enfrentar seus desafios acadêmicos, amorosos e na escolha de uma futura profissão”, explica a psicanalista Paula de Paula, idealizadora do projeto.

No primeiro tema do Demorô os alunos debateram sobre o machismo e feminismo. Para a estudante Glenda Oliveira é importante abordar esse assunto porque muitas vezes os alunos não se interessam ou não têm vontade de se aprofundar na questão. “É uma conversa que tira os jovens da área de conforto deles, mas são coisas que têm que ser conversadas e aplicadas mesmo que a gente não queira, porque trata sobre o convívio comum”, reflete.

De acordo com a aluna Thaís de Paula Vieira a principal importância do Demorô é a de quebrar regras e conceitos. “Temos que mexer no que é desconfortável para as pessoas, e trazer um novo conceito, uma nova visão para sociedade”. A estudante não foge à inquietude característica de sua idade e, com muita propriedade, afirma que o programa ainda tem pontos a aprimorar. “Eu acho que no dia do debate eles deveriam fazer uma proposta de intervenção da situação pra gente. Trazer isso para a nossa rotina seria melhor do que ficar apenas discutindo”, acrescenta.

Sobre o Demorô

O programa se divide em dois momentos. O primeiro se resume à realização de oficinas com cada uma das turmas do ensino médio, onde são abordados temas previamente escolhidos pelos próprios estudantes. O método utiliza dinâmicas de grupo para levantar as questões, causando nos participantes o interesse de se expressarem sobre os assuntos.

No segundo momento, os alunos têm a oportunidade de conversar com um ou mais especialistas sobre o tema, para esclarecer as questões dos jovens. “No próximo programa os convidados responderão outras questões que porventura sejam trazidas pelos próprios jovens, mas também de pais ou professores que se interessarem por interagir conosco”, comenta Paula.